Grafismo Grafismo

Continuamos vendo sinais de reversão nos casos de covid-19 no Brasil(fevereiro/2023)

23.02.2023

Por: Isaac Schrarstzhaupt

Isaac Schrarstzhaupt

Coordenador na Rede Análise ( @redeanalise); Analista de Dados / Pesquisador; TEDx speaker; Pessoa com autismo; O sobrenome pronuncia CHUÁRTI ZÁUPITI!

Há uns dias fiz um fio mostrando uma possível reversão na queda e início de nova onda de covid-19 no Brasil.

Temos poucos dados, mas vejam as hospitalizações de pessoas com covid-19 confirmada em enfermaria e UTI no estado de SP até 21/02/23.

Primeiro, enfermaria:

Agora o gráfico com pessoas com covid-19 confirmada internadas em UTI no estado de SP (dados até 21/02/2023):

A reversão fica bem fácil de enxergar ali no final do gráfico, né? E, conforme eu já havia mencionado, a reversão acontece em um nível maior do que o mínimo anterior (consequência de ondas "emendadas")

Aqui ilustrei no gráfico de pacientes com covid-19 na enfermaria em SP:

Para quem não conseguiu ver o gráfico:
– "Piso" anterior: 530 pacientes (28/10/2022).

– A onda da variante BQ.1 elevou esse número até um pico de 2.180 pacientes exatos 30 dias depois (28/11/2022).

– Agora reverteu em um “piso” de 750 pacientes e já está em 1.050 pacientes.

Inclusive perceberam que o número ficou mais de quatro vezes maior em 30 dias?

De 530 pacientes com confirmação de covid-19 na enfermaria em 28/10/2022 para 2.180 pacientes em 28/11/2022.

530 * 4,114 = 2.180.

Os dados de casos estão atualizados apenas até dia 17/02/23, mas eles continuam mostrando uma reversão (mesmo com baixa testagem e todos os problemas do indicador “casos”):

A região que está puxando essa tendência de aumento é a região Norte do Brasil, MAS a única região que ainda não está com tendência de aumento nos casos é a região Sul.

As outras (Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste) não estão com o aumento da Norte, mas estão com aumento:

Aqui Centro-Oeste (uma quantidade considerável de casos foi adicionada no dia 17/02/23, que foi uma sexta-feira, dia que normalmente não tem muito represamento:

Aqui a região Sudeste:

E aqui a região Nordeste:

Circulei em todos os gráficos os casos dos últimos 20 dias, para vermos a tendência.

Como já falamos inúmeras vezes, as vacinas protegem MUITO contra óbitos então é extremamente improvável vermos ondas gigantes de óbitos como antes da vacina.

De qualquer forma a nossa linha de base (linha de base = mínimo de casos e óbitos) continua alta, e por isso acho viável manter as informações.

Aqui o fio de 13/02/23 onde falei bastante da linha de base e do porquê da pandemia ainda não ter acabado:

Para acessar os dados utilizados aqui, seguem os links dos paineis da @redeanalise:
http://bit.ly/Rede_CasosObitosTaxa
http://bit.ly/Rede_HospitaisRSSP

Originally tweeted by Isaac Schrarstzhaupt (@schrarstzhaupt) on 22 de February de 2023.

Grafismo Grafismo

Compartilhe nas suas redes!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts
relacionados

Locais diferentes, padrões diferentes de transmis

Recirculação de boatos nas redes sociais, os 17

Transcrição do Primeiro áudio

Grafismo
Grafismo Grafismo