Grafismo Grafismo

Terceira onda de covid-19 de 2022 vem se confirmando cada vez mais

21.11.2022

Por: Isaac Schrarstzhaupt

Oi, pessoal!

Aproveitando que é segunda-feira, acredito que vale a pena darmos uma passada pelos dados de covid-19 para vermos como a terceira onda de covid-19 de 2022 está se portando no Brasil.

Por que eu falei “aproveitando que é segunda-feira”?

Pois temos os dados atualizados até dia 18/11 (sexta-feira), ou seja, não há o represamento do final de semana (que provavelmente entrará amanhã, na terça-feira).

E a gente vê a onda claramente, mesmo assim:

Lembrando, sempre: a testagem caiu muito em quantidade quando comparado com as ondas de 2021, então este número de aproximadamente 30.000 novos casos notificados/dia (que já é enorme) tende a estar menor do que a realidade.

A onda já fica bem explícita independentemente de qual região vemos, o que mostra que está espalhada em todo o país. Vejam aqui a região Centro-Oeste:

Na região Nordeste o aumento de casos notificados por dia é realmente super forte e abrupto. Percebam que já estamos começando a ver aumento de óbitos também, o que indica que a onda realmente já está acontecendo há mais tempo:

Mesma coisa na região Norte. Como o dado é de sexta-feira, é mais difícil que seja represamento, MAS essa possibilidade não está descartada, é bom lembrar.

A região Sul foi a última a demonstrar o aumento de casos, mas agora já aparece claramente nos dados:

Na região Sudeste também vemos o aumento super claramente:

Por que deixei a região Sudeste por último? Pois também temos os dados de hospitalizações do estado de SP, e vejam só como o aumento também aparece claramente nestes dados.

Aqui temos os internados com confirmação de covid-19 em UTI no estado inteiro de SP:

Este aumento de hospitalizações começou pela Grande SP, mas agora está aparecendo em outros departamentos regionais de saúde.

Ah, para interpretar este gráfico: a parte colorida são os leitos TOTAIS e a linha são os leitos OCUPADOS:

Vemos o aumento mais claramente nos DRS 04 (Baixada Santista), 07 (Campinas), 12 (Registro), 13 (Ribeirão Preto) e 17 (Taubaté).

Aqui os DRS de 01 a 04:

Aqui os DRS de 05 a 08 (DRS quer dizer Departamento Regional de Saúde):

Aqui os DRS de 09 a 12:

E aqui os DRS de 13 a 17.

Lembrando que todos estes gráficos mostram a relação entre leitos totais de UTI e leitos de UTI ocupados por pacientes com covid-19 confirmada.

Uma coisa que me preocupa bastante nesta onda é que a vacinação do país como um todo não está no nível que deveria, pois há muita desigualdade.

Vejam a cobertura para duas e três doses por estado do Brasil, com dados até 20/11/2022:

Além desta desigualdade, temos a estagnação da cobertura vacinal.

Os números praticamente pararam em aproximadamente 55% de cobertura de reforço no país já há mais de 70 dias!

Isso significa que ainda temos pessoas que não estão com a proteção máxima que poderiam estar dadas as vacinas disponíveis, e com a onda forte, podemos ver esses aumentos de internações de SP em outros estados também, o que não é nada bom, independente da quantidade.

Por isso, reforço meu pedido de sempre: cuidem-se!

Informem-se sobre a onda! Informem seus conhecidos.

É necessário voltar a utilizar máscaras PFF2 em ambientes fechados (e até em ambientes abertos se tiver muita gente “grudada”!).

E, por favor, VACINEM-SE!

Para acessar os paineis utilizados neste fio:
http://bit.ly/Rede_CasosObitosTaxa
http://bit.ly/Rede_Vacinas
http://bit.ly/HospitaisRSSP

Temos versões em inglês de alguns desses paineis também, basta apertar no botão no canto superior esquerdo!

Originally tweeted by Isaac Schrarstzhaupt (@schrarstzhaupt) on 21 de November de 2022.

Grafismo Grafismo

Compartilhe nas suas redes!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts
relacionados

Riscos da Automedicação na COVID-19

Atualização: tipo sanguíneo e novo coronavírus

ANÁLISE DA SITUAÇÃO ATUAL DA CIDADE DE BARRETOS

Grafismo
Grafismo Grafismo