Grafismo Grafismo

Possível reversão da queda de casos de covid-19 em fevereiro de 2023?

14.02.2023

Por: Isaac Schrarstzhaupt

Isaac Schrarstzhaupt

Coordenador na Rede Análise ( @redeanalise); Analista de Dados / Pesquisador; TEDx speaker; Pessoa com autismo; O sobrenome pronuncia CHUÁRTI ZÁUPITI!

Oi, pessoal!

Vi que, nos últimos dias, várias pessoas estão decretando por conta própria o "fim da covid-19", como se isso fosse possível.

Eu atualizei os dados e trago aqui uma análise pra vermos juntos como não tem nenhum “fim” acontecendo, infelizmente (eu queria muito!):

Aqui temos o gráfico de casos e óbitos notificados por dia do Brasil até 13/02/2023.

Mesmo com os casos sendo EXTREMAMENTE subnotificados (baixa testagem), já conseguimos ver uma reversão da queda.

Vejam a tendência de alta nos últimos 20 dias e a reversão na taxa:

Aqui o gráfico de novos casos por dia do Brasil, atualizado até 13/02/2023, sem os outros gráficos, para ficar mais fácil o entendimento:

Outro dado que acredito ser importante: pacientes hospitalizados com covid-19 em UTI no estado de SP.

Vejam que a queda (que era lenta) reverteu e já indica uma leve subida.

Outro fato que eu já havia mencionado: estamos crescendo em cima de uma base maior:

O que eu quero dizer com "crescendo em cima de uma base maior"?

Vejam os pontos mais baixos do gráfico. Em novembro de 2022, o estado de SP tinha uma média de 250 pacientes com covid-19 em UTI.

Veio a onda da BQ.1 e elevou essa média para quase 1.000 pacientes.

Aí passou a onda, começou a queda, mas essa queda foi devagar.
Nisso, o vírus continua a ser transmitido praticamente sem barreiras e continua sofrendo mutações, que podem facilitar uma nova onda.

Agora temos 420 pacientes em UTI e a reversão começa a partir desse número.

Eu inclusive quis fazer esse fio em uma segunda-feira (13/02/2023) pois os dados não estão tão represados quanto nas terças-feiras e quartas-feiras.

Mesmo assim torço muito para que essa reversão fique por aí mesmo, sem aumentar a média de hospitalizações e óbitos.

Importante: mesmo se a reversão ficar sem aumentar a média, estamos vendo dias com 88 óbitos notificados, como foi hoje (13/02/2023). Essa média teria de BAIXAR e não ficar onde está.

Outro dado muito importante que mostra essa possível reversão é a positividade de testes, como mostra o gráfico do @todospelasaude. Vejam a linha verde, que mostra a positividade dos testes para detecção do SARS-CoV-2, como está mostrando a mesma reversão:

Outros exemplos de que, por mais que a gente queira decretar o fim, pois não aguenta mais, a realidade não é essa:

Aqui neste gráfico temos os dados de covid-19 do Japão, que acabou de passar, agora em 2023, pela pior onda de óbitos deles até aqui:

Países que se cuidaram MUITO bem lá atrás, com disciplina em relação ao comportamento que reduz a oportunidade de transmissão e hoje estão liberando, com uma estratégia focada apenas em vacinas, estão vendo as ondas de óbitos pois a vacina é MUITO eficaz, mas não 100%.

Já países que não cuidaram muito bem lá atrás estão vendo uma linha de base de óbitos menor do que os piores momentos (parece bom), mas com MUITOS óbitos diários ainda.

Vejam a curva de novos óbitos por covid-19 notificados por dia dos EUA: 2.696 óbitos na última semana:

Por que eu falei “parece bom” no tweet anterior? Aqui nesse fio eu explico o problema dessa normalização, e dessa comparação com períodos piores em países que não fizeram um bom trabalho como os EUA e nós aqui no Brasil:

No dia 05/01/2023 eu também fiz um fio mostrando como deveríamos ficar atentos para essa queda dos casos em janeiro, que poderia voltar a crescer agora em fevereiro (com base em nosso próprio histórico):

Agora temos, novamente, um discurso pró vacina vindo do @minsaude 🙏) e estamos prestes a começar uma super campanha de vacinação. Essa campanha, que torço que será bem sucedida, irá reduzir o risco de óbito da população alvo. Isso ajudará DEMAIS!

Sobre a campanha, a @mellziland fez um super fio explicando tudo:

Mas precisamos falar disso: nossa mobilidade no Brasil voltou ao normal já faz um tempo, ou seja: o vírus não encontra mais dificuldades por esse tipo de barreira (mobilidade reduzida).

O que isso quer dizer? Que para ajudarmos a vacina e reduzirmos a transmissão…

…precisamos ouvir e seguir os especialistas em qualidade de ar, filtragem e ventilação. (@biaklimeck, por exemplo)

E, enquanto decidimos não ouvi-los e ficar aglomerados em locais mal ventilados, precisamos entender a importância do uso de máscaras PFF-2 BEM VEDADAS.

Nem falo da importância do uso de máscaras quando se tem sintomas: isso já deveria estar "entranhado" em nossa cultura há muito tempo.

Espero que este fio chegue em mais pessoas e que a tomada de decisão melhore a partir disso.

Abraço a todos e ótima semana.

Originally tweeted by Isaac Schrarstzhaupt (@schrarstzhaupt) on 14 de February de 2023.

Grafismo Grafismo

Compartilhe nas suas redes!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts
relacionados

Vamos refletir sobre o futuro da covid-19 usando d

Entenda como ficou estabelecida pelo STF a hierarq

Genoma Sars-CoV-2

Grafismo
Grafismo Grafismo